sexta-feira, 30 de março de 2012

Polícia apresenta quadrilha suspeita de cometer assaltos em Pernambuco


Grupo foi preso quando preparava novo crime em Vitória de Santo Antão.
Suspeitos confessaram participar de investidas contra bancos e Correios.

Do G1 PE
Comente agora
José Cláudio Nogueira (Foto: Reprodução / TV Globo)Suspeitos têm ligação com vários crimes, diz o
delegado Nogueira (Foto: Reprodução / TV Globo)
A Polícia Civil apresentou, nesta sexta-feira (30), uma quadrilha presa em Vitória de Santo Antão, na Mata Sul de Pernambuco, suspeita de praticar assaltos a banco. De acordo com a investigação, os quatro homens, com idade entre 25 e 41 anos, se preparavam para realizar um assalto no centro da cidade, na última segunda-feira (26), quando houve a abordagem policial.

Segundo o delegado que apresentou os detalhes do caso, José Cláudio Nogueira, da Delegacia de Roubos e Furtos, a polícia chegou até os suspeitos através de uma denúncia. “Chegamos ao local, e a equipe identificou, a princípio, um dos suspeitos. Depois, verificamos que havia mais três participando da ação. Eles estavam esperando uma empresa ir fazer um depósito no banco para praticar o assalto”, detalhou.

Com os homens, foram apreendidos dois carros, duas motos e duas armas de fogo. Dois suspeitos assumiram a participação em um assalto a banco em Abreu e Lima, no Grande Recife; outro confessou ter participado de uma investida contra uma agência dos Correios, em Goiana, na Mata Norte do estado. Ainda de acordo com os investigadores, um deles era alvo de sete mandados de prisão.

Os suspeitos, segundo o delegado José Cláudio Nogueira, já eram experientes em relação à prática de assaltos. “Nós já tínhamos prendido pessoas que já haviam cometido crimes com eles”, contou. Os suspeitos não apresentaram resistência à prisão. Eles foram autuados em flagrante por porte ilegal de arma de fogo e formação de quadrilha e, depois, encaminhados para o Centro de Triagem (Cotel), em Abreu e Lima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário